• sindalcoata

SINDALCO ENTRA EM ACORDO DE REAJUSTE SALARIAL COM USINAS REPRESENTADAS. CLEALCO É ÚNICA A DIFICULTAR

10.05.2018 - Após a realização de várias rodadas de negociações coletivas envolvendo o SINDALCO e empresas do setor do álcool/etanol de nossa região, todas as usinas, com exceção da Clealco, aceitaram a proposta do sindicato de reajuste salarial a partir de 01/05/2018 com aplicação do INPC/IBGE em sua totalidade acumulada no período de maio/17 à abril/18 e piso salarial de R$ 1.300,00 por mês, além da manutenção de todas as cláusulas do acordo coletivo de trabalho anterior. Em breve o acordo será assinado entre o SINDALCO e essas empresas.


Porém, o grupo Clealco tem dificultado as negociações, esquecendo-se do seu maior patrimônio, que são os trabalhadores que produzem suas riquezas. Os representantes da empresa radicalizaram querendo retirar direitos já conquistados anteriormente. Para aplicação do INPC/IBGE em sua totalidade propuseram retirar dos trabalhadores as concessões de benefícios que foram concedidos por deliberação da própria empresa ou, alternativamente, propõe a aplicação de reposição salarial de 1% com a inclusão do vale alimentação no valor de R$ 130,00 por mês.


O presidente do SINDALCO, José Roberto da Cunha, não aceitou a proposta, uma vez que todas as outras empresas aceitaram reajustar os salários dos trabalhadores aplicando o INPC/IBGE em sua totalidade e manter o acordo anterior, cujas cláusulas trazem grandes benefícios aos colaboradores do setor.


Sendo assim, até o momento a Clealco é única empresa, entre todas as que o SINDALCO representa, a não chegar a um consenso para fechamento acordo coletivo de trabalho 2017/2018.




0 visualização0 comentário